Música Cinema Teatro Literatura Moda Roteiros

Ultimamente tem se tornado cada vez mais comum entre os artistas asiáticos, em sua grande maioria grupos e cantores de kpop, fundir os elementos tradicionais da cultura asiática com o moderno em suas músicas e clipes. Estes são na verdade o que prendem o público aos respectivos vídeos. 

Um clipe sem referências pode ser visto apenas uma vez, mas um vídeo com características culturais e tão tradicionais, de certo te faz um querer ver outras vezes para prestar mais atenção, tentar entender ou pelo menos observar os detalhes.

Além de trazer um visual diferente e admirável, é uma forma dos idols introduzirem sua cultura aos fãs internacionais e reforçar suas origens. Em boa parte dos vídeos, a peça mais nítida é o hanbok, vestimenta formal usada durante as festas e celebrações tradicionais¹.

Kihyun (Monsta X), Chung Ha, Eunwoo (Astro) e Dahyun (Twice) usando o Hanbok.

Sendo assim, o Parada Pop reuniu nesse post alguns dos MVs que apresentam essas características. Assim a gente pode observar e conhecer um pouco melhor tudo isso juntos. Então vamos conferir!

Arario – ToppDogg

Vamos começar com “Arario”, do ToppDogg, um dos primeiros MVs de kpop a trazer a temática. Inicialmente, “Arario” significa a saudade do país de origem e pessoas amadas. Apesar da letra da música não ter muita conexão com o título e o conceito do MV, o arranjo conta com instrumentos tradicionais coreanos.

Logo no início do vídeo podemos identificar tais instrumentos como Gayageum e Buk drum. Além disso dançarinos usam o hanbok¹ (citado anteriormente), e um dos integrantes simula escrever um livro com ideogramas chineses, que deram origem ao hangul, alfabeto coreano². No fim há uma representação das festividades com a buck cheong lion dance*.

Refresh – ZICO X KANG DANIEL

“Refresh”, a icônica parceria de Zico e Kang Daniel, com produção de Steve Aoki, foi feita única e exclusivamente para homenagear a Coréia do Sul e faz parte do projeto da  PepsiStarship Ent: “For The Love of Korea”.

A música combina uma melodia energética com batidas tradicionais para expressar a beleza da Coréia. As cores da bandeira sul-coreana, azul e vermelho, são bastante vistas no vídeo. O uso do hanbok¹, caracteres do hangul² flutuando, casas tradicionais, buck cheong lion dance* e artes marciais fazem parte das referências culturais do MV. 

Dream In A Dream – Ten

“Dream in a Dream” é uma faixa de 2017 caracterizada como oriental-eletrônico. O projeto solo de Ten, atualmente do WayV, faz parte da segunda temporada da SM Entertainment da SM STATION. A música infunde sons orientais que se harmonizam com os vocais Ten, tornando tudo muito original.

Não há muito segredo em relação a significados, já que o MV é mais voltado para performance. Mas o vídeo é bem característico com sua estética oriental. Enquanto faz uso de um kimono branco, Ten desenvolve uma coreografia complexa que explora técnicas de artes marciais e da dança tradicional chinesa. Mas que também há muito da dança moderna. 

IDOL – BTS 

BTS teve a explosão em sua carreira após de atingir o público internacional. Com isso, vieram muita críticas sobre estarem muito “americanizados” ao incorporar tantos aspectos pop e produzir músicas em inglês. Com “Idol”, o septeto deu uma resposta a tudo isso, mostrando sua cultura com uma música repleta de expressões coreanas e um MV composto por escritas em hangul², arquitetura coreana, uso do hanbok¹, o tigre que representa a Coréia, dança com leque, buck cheong lion dance* e mais. 

Além das expressões claras usadas como: jihwaja* e eolssu*, o BTS fez um trocadilho com algumas pronúncias do inglês e coreano. Por exemplo, na cena aparece um coelho na lua eles cantam “talking” que parece a pronúncia para a “coelho” em coreano, que é “tokki”. Na mitologia do país, o desenho dentro da lua significa imortalidade e há um ditado popular que diz “Se você é muito criticado, você vive mais”, então as referências tem tudo a ver com a música.

Fiancé – MINO 

Para você que acompanhou os MVs anteriores, nem precisará de uma grande explicação para decifrar as referências de “Fiancé”, do MINO. Apesar de não explorar tanto o conceito na música, no que se refere a letra, o título da faixa em coreano é “anaknae”, uma palavra antiquada para “mulher”, que se refere especificamente à esposa de outro homem.

Conseguimos perceber MINO usando as vestimentas da monarquia em partes do vídeo em que aparece cercado por mulheres com roupas vermelhas inspiradas no hanbok¹, dando a idéia de que estão ali para servir o rei.

LIT – LAY

Como não citar “LIT”, o recentemente lançamento de Lay, do EXO?! O MV é completamente cinematográfico e marcante. A música contém sons de instrumentos tradicionais e na letra, Lay se compara a flor de lótus, que é de extrema importância na religião budista, uma das principais crenças chinesas. A flor está também presente em diversos âmbitos da cultura do país, como a culinária.

O conjunto conta com dança simbólica, imagens e vestimentas tradicionais. Situado na China antiga, o vídeo tem o cantor como um imperador em meio a um golpe onde seus soldados se rebelam contra ele. No decorrer da história, Lay se prepara e se engaja em uma batalha sozinho com o exército. Sua vitória chega ao explorar o poder de seu animal espiritual: um dragão, criatura marcante da mitologia chinesa.

Daechwita – Agust D 

Para sua segunda mixtape, Suga, que carrega o nome de Agust D para seus trabalhos solo, fez algo diferente de seu primeiro álbum. O single “Daechwita” traz vários sons de instrumentos tradicionais coreanos e, na história coreana, o nome “daechwita” se referia a música tocada quando o rei estava em procissão ou recebia visitas importantes no palácio.

O MV foi gravado em um set de drama de época, a pedido do rapper. Há contrastes onde roupas modernas, relógio, carro, etc são usados no cenário antigo. Algo marcante do vídeo também é a dança de espadas, muito popular na Ásia. O vídeo é voltado para dois homens, o rei e August D. Em resumo, a história mostra a perspectiva de um rei soberbo e autoritário e um servo decidido a matar o monarca para tomar o poder.

100 Ways – Jackson Wang 

Os trabalhos solos anteriores de Jackson Wang foram totalmente voltados para o hip hop e R&B, desta vez, o rapper decidiu adicionar um pouco de história ao conceito de sua música e MV. “100 Ways” fala de um amor de outras vidas e mostra um pouco da cultura chinesa antiga. “Quero que as pessoas conheçam a cultura real em nosso mundo. Essa mistura é a minha cor: compartilhando como é a minha vida deste lado do planeta com o público ocidental”, disse Jackson.

O vídeo começa com um grupo de soldados em uma floresta, que fazem uma dança para fazer Jackson subir de seu túmulo. Em seguida eles o equipam com armadura enquanto viajam pela floresta para chegar a outro túmulo, de seu amor perdido há muito tempo. O astro se junta aos soldados e também dança para que a amada ressuscite.

LIT – ONEUS 

Arrisco dizer que este é o vídeo da lista que mais representa a Coréia, por isto a escolha de finalizar com ele. Tudo sobre “LIT” contém referência: a melodia, a letra, os cenários, as roupas e até a coreografia. A música tem um balanço ideal entre tradicional e moderno. “LIT” é introduzida com o gong* e nos primeiros segundos os sons que remetem a gayageum*, geomungo*, ajaeng* e bipa* ecoam na melodia da música. 

Além dos aspectos clássicos que vimos até aqui, como o hanbok¹, a buck cheong lion dance* e dança com leque, o MV se passa, em vezes, num cenário que lembra os palácios coreanos decorados com dancheong*. Há também cenas onde integrantes lutam taekkyeon, uma arte marcial coreana. A música fala sobre celebrar e na letra Oneus usa as expressões: poong-ak*, niliria*, ongheya*, eolssu*, jihwaja* e citam Jeon Woochi*. Provavelmente alguma referência ficou perdida nesta descrição porque de fato o MV e a música são totalmente voltados para o tema, mas é tudo nítido.

A produção desses vídeos é rica em detalhes e nos encanta ainda mais depois de conhecer um pouco sobre os significados e referências. Espero que este post tenha sido enriquecedor culturalmente para vocês, assim como foi para quem vos escreve. Se você conhece algum vídeo ou música que também agrega aspectos da cultura asiática, compartilhe com o Portal Parada Pop.

*Glossário

Hanbok – Vestimenta tradicional.

Hangul – Alfabeto coreano.

Eolssu –  Expressão que coreanos usam em música tradicionais quando estão animados (foi usada em “Arario”, “Idol” e “LIT”, do Oneus).

Jihwaja – Música que os coreanos cantam quando a nação está próspera e pacífica, mas também é uma expressão usada para demonstrar animação (foi usada em “Idol” e “LIT”, do Oneus)

Buck cheong Lion Dance – Dança feita nos festivais lunares. Tradicionalmente significa afastar a má sorte e/ou fantasmas.

Gayageum, Gong,  Geomungo, Ajaeng, Bipa – Instrumentos musicais.

Dancheong – Pintura dos palácios coreanos baseada em azul/verde, branco, vermelho, preto e amarelo. Harmonizam todas cores e significados da mãe natureza.

Poong-ak – Palavra usada para se referir à música tradicional.

Niliria – Saudade da pessoa amada ou tristeza por envelhecer. Mas pode também não ter um significado e representar apenas o som da flauta coreana.

Ongheya – Canção que fazendeiros cantavam para tornar o trabalho árduo menos cansativo e trazer ritmo, tornando-o mais produtivo

Jeon Woochi – Figura representativa da dinastia corena.

Vídeos

disclaimer

O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.

Quer enviar uma cartinha ou um presentinho? Entre em contato através do email: contato@paradapop.com

Anuncie aqui!

Acesse nosso midia kit!

Seja um colaborador!

Clique aqui e saiba como!
2016 © PARADAPOP.COM • • • DIREITOS RESERVADOS
Tema por Gabriela Gomes