Música Cinema Teatro Literatura Moda Roteiros

Hoje vamos contar a história do Rafael. Ele é muito fã da banda Coldplay, desde 2005, e lógico que ele teve momentos incríveis com eles, alguns bem inusitados! Certamente ele contou tudo pra gente, confira: 

A coisa que o Rafa mais gosta de fazer é falar sobre o Coldplay, algo que acontece bastante desde 2005 após ele os ouvir pela primeira vez na série Smallville. Então participar desse história de fã não foi nenhum trabalho!

Mas, o primeiro “encontro” só aconteceu depois de 6 anos no Rock in Rio 2011 após 2 passagens pelo Brasil (2006 e 2010) que ele não consegui assisti-los. Finalmente após muita espera ele teve a chance de presenciar o primeiro show da banda naquele 1º de outubro inesquecível.

Nunca vou esquecer a sensação do início do show e de gritar as letras das músicas com outras milhares de pessoas pela primeira vez

Após esse show Rafael teve que esperar ansiosamente para revê-los durante 5 anos pois o Coldplay só retornou ao país em 2016 já que a vinda de 2013 foi cancelada logo após seu anuncio.

E então finalmente chegou aquele abril de 2016 e fui para São Paulo para o primeiro show da A Head Full Of Dreams no Brasil, foram 25 horas de fila literalmente após ter feito uma tatuagem (para a banda logico) e então aconteceu meu primeiro show solo da banda e em um estádio e não poderia ter sido melhor, agora até a catraca travando é uma lembrança boa, foi magico.

Após o show ele correu para o aeroporto e voltou para o Rio onde aconteceu o seu primeiro encontro com a banda e um show no lendário no Maracanã.

Logo ao chegar no Rio tive a confirmação do hotel em que estavam e nem pensei, deixei minhas coisas e fui ficar plantado na porta. E não foi preciso esperar muito meia hora depois desceram Will Champion e Jonny Buckland.”

“E embora rápido pois tinha muita gente eles foram super gentis e deram autógrafos para todos e só de vê-los de tão perto já havia sido muito mais do esperava acontecer.

Após um tempo acabou decidindo por voltar no dia seguinte para ter a chance de talvez encontrar os 2 integrantes que restavam, já que ainda teria mais um show a caminho. E o dia do show chegou e ele teve a chance de viver seu terceiro show da banda no lugar em que sempre sonhou em viver um.

Mas pensou que depois do show teve descanso? Nada disso, ele voltou para o hotel mesmo exalto após 2 shows e muitas horas em fila. Naquela segunda feira ele ficou nada mais que 14 horas em frente ao hotel pedindo pizza e conversando com pessoas que tinham a mesma paixão que a dele.

E após mais uns 2 encontros rápidos com Jonny e Will finalmente mais um apareceu, Chris Martin voltava de um restaurante ás 23 da noite e atendeu tanto o Rafael quanto os outros 7 fãs que estavam no local.

Ele foi incrível mesmo sem poder falar devido ao show na noite anterior e ao que aconteceria em 2 dias na Colômbia e tirou fotos e deu autógrafos por alguns longos minutos dando tempo para pegar todos os cds, dvds, vinis e revistas que tínhamos lá, até minha tatuagem ele autografou mesmo sem ao menos pedir. Logo depois veio o Jonny mais uma vez, e como já de costume foi gentil e dessa vez com tempo tirou fotos e conversou com todos.”

No dia que voltaria para casa logo cedo ele já estava no hotel novamente na esperança de ver o único que faltava e assim que chegou encontrou Guy Berryman voltando de uma caminhada pela praia mas foi rápido. Mas continuou na esperança de vê-los na saída. E assim foi os carros pararam na porta do hotel e seus familiares começaram a entrar.

Alguns minutos depois vieram Jonny e Will pela última vez e mesmo tento atendido várias vezes durante todos os dias pararam mais uma vez e atenderam todos. Logo depois Chris e Guy que pararam e atenderam com autógrafos e fotos mesmo com os seguranças os apressando. Ainda deu tempo de dar os parabéns para o aniversariante Guy. E assim foram embora realizando muito mais que esperava e deixando uma vontade de mais.

Chegando em casa depois dessa longa aventura atrás do Coldplay criei minha própria conta no twitter dedicada a seguir a tour da banda. E me juntei a uma das maiores equipes de fãs da banda no mundo.

Pouco mais de um ano depois a volta da banda foi confirmada. Com shows em Porto Alegre e em São Paulo.O primeiro show aconteceria em São Paulo, onde Rafael pegou a grade. Como o segundo show era no dia seguinte logo após o fim do primeiro show ele já foi para fila. Onde ficou algumas horas e graças ao revezamento e amigos pode ir ao hotel dormir um pouco. Mas voltando não muito depois para garantir seu lugar e pegando grade novamente.

Durante a espera conheci Phil Harvey, o quinto membro do Coldplay.Ele filmava o público e verificava se tudo estava perfeito no palco devido a gravação que já estava acontecendo para o futuro dvd. Assim como todos os outros 4 Phil foi super gentil e até filmou a bandeira que eu havia feito para shows.”

Quando o show começou um dos cameraman responsáveis pelo público que aparecia no telão durante o show me fez aparecer por diversas vezes.”

E utilizou a minha bandeira “Believe in Love” para o final do show ao invés da bandeira escolhida pela banda. Que inclusive pode ser vista em uma foto postada pela banda.

Desta vez Rafa decidiu focar mais nos shows e não ficar esperando pela banda no hotel. Pois eram 3 shows e ele não iria aproveitar o suficiente todos se dividisse sua energia entre as duas coisas. Com isso em mente ele seguiu para porto alegre para esperar o show que aconteceria 2 dias depois.

No show de Porto Alegre ele foi durante a madrugada para o estádio. Por lá ficou por algumas horas e logicamente ele conseguiu mais uma grade para o currículo.

Alguns momentos depois da minha entrada o fotografo da banda conhecido como R42 tirou uma foto minha com a minha bandeira. E alguns minutos depois já havia sido postada nas redes sociais da banda foi um surto já antes do show começar.

E enfim o último show da tour começou depois das maravilhosas Tati Portella e Dua Lipa fazerem abertura.

Durante as músicas Chris me apontou algumas vezes (assim como faz em todos os shows para várias pessoas). Mas chegando perto do final ele viu a minha bandeira e fez sinal para jogar para ele. E com uma tentativa falha ele ficou abaixado no palco enquanto a bandeira chegava até ele. No final do show após a última música ele usou minha bandeira junto com as duas outras bandeiras tradicionais durante a tour e as estenderam no palco durante a despedida da banda.

Já no final do show após me dar um joinha fofo e quase saindo do palco ele volta, tira sua camisa, me aponta e a joga para mim.

Foi um colapso e tudo tão rápido mas tenho esses segundos gravados em câmera lenta na minha cabeça.O show já havia acabado e pessoas já estavam saindo do estádio quando aconteceu. Foi surreal na hora eu só sentei no chão agarrado com a camisa e chorei por longos minutos!

Depois de 1 ano da tour o DVD Live in São Paulo foi lançado e nele Rafael e sua bandeira apareceram bastante.

É surreal saber disso, estar em um DVD da sua banda favorita. É algo que as vezes fãs brasileiros mal podem sonhar devido a nossa falta de oportunidade mas aconteceu comigo e é ainda parece um sonho.”

Desde então tenho matado a saudade com interações com eles pela internet já foi like em tweet, um vídeo feito por mim postado por eles em todas as redes sociais e minha foto na capa do site todo dia 11 de novembro como lembrança do show de Porto Alegre, fora algumas interações com diretor e equipe né que não custa nada manter um contato. Agora é só esperar que voltem para poder reviver a energia maravilhosa dos shows.

Então, gostaram da história do Rafael com o Coldplay? E você? Tem alguma história também? Sendo assim, conta pra gente enviando um e-mail! E não esqueça de acompanhar sempre o Parada Pop para novidades e histórias como essa!

Marina

Vídeos

disclaimer

O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.

Quer enviar uma cartinha ou um presentinho? Entre em contato através do email: contato@paradapop.com

Anuncie aqui!

Acesse nosso midia kit!

Seja um colaborador!

Clique aqui e saiba como!
2016 © PARADAPOP.COM • • • DIREITOS RESERVADOS
Tema por Gabriela Gomes