Parada POP » celebridades
Untitled Document

Arquivo da categoria 'celebridades'



CHEGOU O DIA! O casamento do meu maior ídolo da vida, Nick Jonas. Para quem acompanha o Parada POP, sabe que eu, Alinne e uma parte da nossa equipe, somos as maiores fãs de carterinha da família Jonas.

O casamento que foi todo programado em 4 meses está dando o que falar, e por isso preparei um vídeo para contar um pouquinho sobre ele:

+

Sangeet, ou seja, o 1º dia de casamento de Nick Jonas e Priyanka Chopra aconteceu no último sábado, 1º, no Palácio Umaid Bhawan, na cidade de Jodhpur, no Rajastão, na Índia.

Antes da festa noturna e após a cerimônia Mehendi, que é quando o casal faz os votos sagrados e têm as mãos pintadas com henna, rolou até um jogo de críquete entre as famílias.

Tudo começou como uma animada competição de dança entre as famílias mas acabou como uma celebração do amor. Nick e eu estávamos animados para mais um ritual do nosso casamento“, disse no Instagram “Cada família dizendo sua história através da música e da dança, com muito riso e amor. Estamos plenos com tanta gratidão pelo esforço de todos e carregaremos as memórias desta noite para sempre“, desejou a atriz.

É tradição que os casamentos na Índia sejam grandes: em número de pessoas, em tempo de celebração, porém a mídia indiana está assustada com o tamanho da festa de Nick e Priyanka e dizendo que ela foi melhor que muito filme bollywoodiano!

O palácio onde está acontecendo toda a festa abriga a família real de Jodhpur e é conhecido como a sexta maior residência privada do mundo. Parte da propriedade foi transformada em um hotel, com pavões espalhados pelos 10 hectares de jardins.

Uma diária em sua suíte presidencial pode custar mais de 500 mil rupias (7.168 dólares), de acordo com o site do hotel.

Desejamos a maior felicidade ao casal!

site responsável: Alinne Torre
17.11.2018

Lançada este ano e com forte pressão na Netflix, a série Super Drags veio aos serviços de streaming para mostrar um pouco da visão LGBTQ para o mundo. As pretensões eram trazer humor e mesclar com a representatividade que tanto lhe era exigido.

A escolha de Pabllo Vittar como dubladora de uma das personagens foi uma cartada de mestre, já que em contrapartida a experiente Silvetty Montilla já estava integrada ao elenco desde o início.

Com expectativas dominando cada um dos episódios, parecia que eramos levados para um mundo onde os gays realmente fossem totalmente daquela forma. Soa estranho uma série feita com viés homossexuais contribuir de forma árdua para estereotipar ainda mais aquela afirmação de que “Gay é tudo igual“.

A ideia foi bem recebida, as animações são bastante extrovertidas, o que ajuda a ter uma excelente interação com o publico. Vale ressaltar também que a classificação indicativa é exatamente como tem que ser. Tudo foi preparado nos mínimos detalhes, cada pequeno traço foi bem feito, mas… E a tão falada representatividade? Onde está?

A iniciativa de não vitimizar os homossexuais também é bem aceita em qualquer forma de crítica, mas formar uma ideologia voltada a apenas um pensamento e sem aberturas para outro, é galopante…

O roteiro também não ajuda, é um tanto frágil quando o aspecto é versatilidade. Se há uma questão a ser levantada, é a de “É errado os gays reservados serem como são?” Em um tempo onde problemas psicológicos são os carros chefes e considerados como problemas do século, é preocupante taxar como a comunidade LGBTQ+ tem de seguir uma espécie de “padrão”.

 

Num geral, é uma animação divertida, mas com piadas forçadas, nada além do que já esperamos e conhecemos. Para os que curtem um humor clássico e básico ao nível da era cansada de Zorra Total, Super Drags é a pedida certa, mas para os que não… É recomendável procurar outra atração no catálogo da Netflix.

site responsável: Cristian
13.11.2018

Um dos grandes “pais” dos heróis da Marvel nos deixou nesta segunda, dia 12 de novembro. 

 

Todos os fãs dos quadrinhos e filmes da Marvel, devem um grande agradecimento a Stan Lee por sua ousadia e criatividade com todos os personagens por ele concebidos.  Uma grande comoção em todas as redes sociais foi feita devido a seu falecimento. Usuários do Facebook, Instagram e Twitter se despediram desse grande mestre dos heróis. 

Ontem, o dia não estava tão colorido como os quadrinhos de Stan, mas estava em um tom acinzentado com um pôr do sol lindo, como forma de agradecimento por este símbolo que o americano foi.  

O quadrinista que também era ator sempre aparecia de forma despercebida nos filmes da Marvel. Reinventou personagens que hoje são aclamados pelo público e em sua vida soma grandes feitos.  

Nós ficamos com uma lacuna enorme no mundo dos heróis, algo irreparável. Deixamos também nossos agradecimentos a ele e como forma de despedida, vocês conferem uma declaração feita por ele em seus últimos dias de vida:

 

“Eu só quero que saibam que a Marvel é e sempre foi um reflexo do mundo que vemos por nossa janela. Esse mundo pode mudar e evoluir, mas a única coisa que não irá mudar é o jeito que contamos nossas histórias de heroísmo. Essas histórias tem espaço para todos, independente da sua raça, sua religião, seu genêro ou a cor da sua pele. As únicas coisas que não tem espaço aqui são o ódio e a intolerância. (…) Somos todos parte de uma única família, a humana.”

 

 

Descanse em paz Stan Lee

 

 

site responsável: Cristian
13.11.2018

Dalida foi uma cantora de origem egípcia que fez um sucesso estrondoso na Itália, França e por todo o mundo, vendendo cerca de 170 milhões de álbuns durante os 31 anos ininterruptos de carreira.

Apesar do sucesso, a intérprete sempre se via com problemas psicológicos graves, causados por amores impossíveis, ausência de carinho por parte familiar e principalmente por não se ver como deveria, sempre se achando abaixo das demais.

O filme produzido por Liza Azuelos explora com sensatez um pouco sobre cada fase da vida de Dalida, desde os suicídios de quem a moça amava, até a parte mais triste, a do próprio suicídio.

 

 

Durante o longa, dá para se conectar com essa história e se emergir em frases fortes como: “O lado ruim de estar entre a vida e a morte e sobreviver, é saber que nem a morte lhe quer.” E o diálogo com o psicanalista que começa com a pergunta: “Dalida, você não vê que dá esperanças para diversas pessoas?” E a cantora sem exitar responde: “Sim, vejo. Mas e a mim? Quem me dá?”

Um filme que prende o espectador com todos os trâmites de uma história manchada pela depressão e ganha cada vez mais força ao retratar com uma pitada de drama e superação, ainda que a moça não tenha conseguido se recuperar.

É uma excelente pedida para aqueles que querem envolver o coração com sentimentos diferentes, variando entre o choro e os risos ao ansiarmos por sua recuperação.

Svelva Alviti é quem dá vida a Dalida, esse enredo tão melancólico e triste foi lhe proposto com a intenção de  mostrar a versatilidade da atriz que também é modelo. Os traços da moça são parecidos com os da cantora, o que facilitou o conto a ganhar vida. Ao interpretar a tradicional canção francesa “Je suis malade” Sveva chora ao sentir na pele o que a intérprete sentiu.

 

 

Lançado em 2017 o filme ganhou toda a Europa e nos deixou ansiosos por sua chegada nunca cogitada ao Brasil.

Confira o trailler e se emocione com a história de “Dalida o filme”.

https://m.youtube.com/watch?v=-CN_nvsDggI
site responsável: Cristian

Parada Pop vai passar uma temporada viajando e mostrando tudo de mais legal para vocês!

No episódio 02, visitamos o hospital da nossa diva Demi Lovato, encontramos a atriz Shay Mitchell, de PLLpertinho de casa e ainda acompanhamos a gravação do novo filme do Leonardo DiCaprio e Brad Pitt. Ta bom?

Ainda de quebra fomos para uma outlet e visitamos alguns restaurantes famosos.

Já assistiu ao primeiro episódio? CLIQUE AQUI

site responsável: Alinne Torre


O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.
2016 © PARADAPOP.COM - DIREITOS RESERVADOS.
Home Sobre Anúncie
TEMA POR 8DESIGN