Parada POP » Colunas
Untitled Document

Arquivo da categoria 'Colunas'



10.01.2019

A Marvel lançou e continua lançando muitos filmes de seus heróis, por décadas os admiradores de quadrinhos vem conhecendo seus personagens favoritos além da HQ, mas agora, chega a era da renovação.

Após conseguir desconstruir a ideia de que o Homem-Aranha era só por Tobey Maguire, com Andrew Garfield e Tom Holland assumindo os legados posteriores. Agora temos diversos Homens-Aranhas… vocês vão entender assistindo ao novo filme da Sony Pictures, dirigido por Bob Persichetti, Peter Ramsey e Rodney Rothman, com trilha sonora original pela Universal Music: HOMEM-ARANHA: NO ARANHAVERSO que estreia hoje, quinta-feira (10), vai te surpreender no enredo, personagens e estética.

É bom já começar sabendo que o filme recebeu criticas positivas e ganhou o Globo de Ouro como melhor animação.

O filme conta a história de Miles Morales, um personagem que carrega a representatividade negra, que é mordido por uma aranha radioativa em Nova York, como a clássica história que conhecemos desse herói, então, ele começa a ter atitudes estranhas de um verdadeiro Homem-Aranha, sem entender o que está acontecendo, se sentindo excluído na escola, ele foge de casa, nessa caminhada ele encontra Peter Parker combatendo um vilão muito poderoso que quer trazer sua família, que não está mais na terra, de volta, assim ele une seus funcionários e muita tecnologia. Após Peter deixar uma missão ao garoto, um portal interdimensional se abre no meio da cidade, fazendo com que Homens-Aranhas de outras dimensões cruzem o caminho de Miles. O Homem-Aranha que conhecemos, que vem de outra dimensão, com mais de 22 anos de atividade movimenta esse relacionamento de Miles com seus poderes, ao receber essa ajuda ele ganha mais confiança e melhora suas habilidades, além de crescer como um herói, ele cresce como pessoa.

Há muita diferença entre Miles e os demais Homens-Aranhas, como seu gosto musical, o que gosta de fazer, a rotina de um estudante do ensino médio, mas que de alguma forma nos identificamos e ficamos curiosos para conhecê-lo mais, o tornando realmente um personagem original. Ele é carismático, inocente e curioso. Ao mesmo tempo que adquire novas amizades, ele lida com sua coragem crescendo aos poucos em suas aventuras. Com o decorrer do filme, percebemos seu amadurecimento, mas com todo bom humor do Homem-Aranha.

Um dos motivos de sucesso, é a inovação do filme,  onde os diretores e a produção não adotaram formas comuns de animação, como vemos nos filmes mais recentes como Wifi Ralph. Por conta das tecnologias mais recentes e softwares sofisticados, que possibilitam a criação de personagens e cenários com detalhes muito realistas. O filme recebe destaque com gráficos que nos relembram verdadeiras HQs, com balões de palavras, pensamentos, palavras escritas e os próprios quadrinhos, com páginas passando, muitas cores e cenários fantasiosos. Tudo isso porque os três diretores queriam sair da mesmice na animação, então decidiram renunciar à tradição “foi muito assustadora, mas também incrivelmente libertadora”, diz um dos diretores Persichetti. Ele diz que queria recuperar técnicas de desenho a mão.

Trazendo uma modernidade que os responsáveis pela animação tem tanto orgulho, arriscando literalmente a animação de quadrinhos.

Quem quer que seja o telespectador que assiste ao filme, o Homem-Aranha sempre estará o representando e fazendo com que se identifique com o personagem ou sua história. O filme traz um novo significado da chance de ser um Homem-Aranha, que pode ser um porco, um detetive de época, uma garotinha do futuro com diversas tecnologias, um garoto adolescente do Brooklyn ou até mesmo a Gwen assumindo o papel de heroína. A mensagem é que você também é o Homem-Aranha, a ideia de que todos temos de lidar com responsabilidades e escolhas difíceis, associação de que qualquer um pode ser um super-herói, de que todos podem usar a máscara.

Homem-Aranha no Aranhaverso é uma bela produção, tanto esteticamente, quanto discursivamente. Não importa em que dimensão você estiver, o Homem-Aranha sempre estará.

site responsável: Larissa Ricucci
27.12.2018

Chegamos a reta final de 2018! Este ano foi marcado por muitos lançamentos incríveis no mundo da música. Tivemos muitos novos artistas no cenário musical, outros que voltaram com tudo e vários que mostraram que merecem estar no topo das paradas.

Esse ano o ritmo latino ganhou uma força ainda maior nas paradas musicas e nas nossas playlists também, assim como a música pop que teve nomes de grande destaque. Rolaram vários feats. muito bons que resultaram nos maiores hits do ano!

Já que em 2018 tivemos vários lançamentos bons, nós separamos as 18 músicas mais viciantes lançadas esse ano. Confira:

5 Seconds Of Summer – Youngblood

ZAYN – Entertainer

Ariana Grande – thank u, next

BTS – Idol

CNCO – Se Vuelve Loca

Drake – In My Feelings

Shawn Mendes – Lost In Japan

Iza – Dona de Mim

Cardi B, Bad Bunny e J Balvin – I Like It 

Khalid feat. Normani – Love Lies 

Cheat Codes feat. Little Mix – Only You

Silk City feat. Dua Lipa – Electricity

Becky G feat. Natti Natasha – Sin Pijama

Jonas Blue feat. Jack & Jack – Rise

Liam Payne feat. J Balvin – Familiar

Post Malone – Better Now

Dj Snake feat. Selena, Cardi B e Ozuna – Taki Taki

Quais foram as músicas que você mais ouviu esse ano? Conta pra gente!

site responsável: Evelyn
27.12.2018

Netflix está realmente com tudo!
A plataforma agora tem os direitos da “Rebelde Way” versão original produzida na Argentina em 2002 que inspirou a grande versão mais famosa, de sucesso mundial até hoje da novela mexicana.

O anuncio dessa novidade veio da autora da primeira versão Cris Morena em entrevista a um programa de rádio de Buenos Aires, “Essa eu acabei de vender á Netflix” disse ela ao locutor da rádio quando a novela “Rebelde Way” foi citada.

Segundo ela, a Netflix já vem a algum tempo tentando encurtar 400 capítulos para uma temporada que tenha 20 episódios, ” Já conversei com a roteirista, que é México-americana, e vão deixar exatamente os mesmos personagens, um pouco mais fortes, e quase não vão mudar nada. Se tudo der certo, farão outros 20 episódios e assim por diante” revelou a autora.

Não se há detalhes de como será toda a produção ou de como irá funcionar, mas já estamos ansiosos para ver o que irá rolar!
Aliás, a Netflix poderia também colocar a versão mexicana com o nosso amado RBD na plataforma também, não é ?Vamos torcer 😉

site responsável: Bianca
24.12.2018

Para os que pensam que o gênero Pop se restringe aos grandes nomes já conhecidos, estão enganados!

Na Itália, existem cantoras e cantores que são capazes de roubar os nossos corações, como por exemplo, a talentosa Giusy Ferreri que consegue transitar entre Pop, Rock e Indie, além de claro, ter uma voz bem peculiar e única. Valendo lembrar que em junho desse ano ela homenageou o Brasil com o single “Amore e Capoeira” que foi premiado como a música do verão italiano.

Mas se o assunto é voz peculiar, não tem como deixar de falar de Noemi. A cantora que já esteve como jurada no The Voice Itália, tem letras marcantes e vem com tudo para sua nova turnê.

Puxando o gancho para letras marcantes, uma boa pedida seria escutar Annalisa. A jovem vem ganhando a Europa com um jeito meigo e carisma fora do comum.

Emma também é outra que não pode ser esquecida, já que faz um estrondoso sucesso e recebeu diversos prêmios por suas canções e atualmente está se preparando para a turnê de 2019.

Todas elas podem ser encontradas no Spotify, Deezer, no YouTube e outras plataformas digitais. E se quiserem recomendações, acessem aí!

Giusy Ferreri:

https://m.youtube.com/watch?v=NZrd4RQrYWs

Noemi:

https://m.youtube.com/watch?v=ixcYhTRRLyY

Annalisa:

https://m.youtube.com/watch?v=L7RMdYAXxN8

Emma:

https://m.youtube.com/watch?v=Jkf1mG0YYU4

Curtam muito o som dessas meninas talentosas.

site responsável: Alinne Torre
23.12.2018

Após audiência inferior ao esperado, a plataforma digital resolveu não dar continuidade à animação.

Superdrags foi de fato uma série extremamente super estimada. O roteiro não favorecia e os esteriotipos só fizeram com que se fortalecem a ideia de que os homossexuais são todos iguais.

Ainda que houvesse uma cadência ao desenvolver a animação, faltou algo, foi como tirar 10 em uma prova, 0 na outra e atingir a média 5, o suficiente para não conseguir o necessário.

Logicamente é uma grande de perca para o mundo LGBTQ+, já que segundo algumas pessoas, a série ajudava a dar voz e empoderamento, mas não foi bem assim.

Fora as sátiras cansativas, ainda temos uma pitada de repetições o que condena profundamente a série. Todos concordam que é triste ver uma animação não conseguir voar como devia, mas de fato, o enredo não ajudou.

 

Conheça a animação:

Três colegas de trabalho levam vidas duplas como funcionários em uma loja de departamentos e drag queens super-heroinas. Elas combatem o crime e outras forças como uma Drag malvada e um político conservador.

site responsável: Alinne Torre
12345...


O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.
2016 © PARADAPOP.COM - DIREITOS RESERVADOS.
Home Sobre Anúncie
TEMA POR 8DESIGN