Música Cinema Teatro Literatura Moda Roteiros

Os garotos do BTS já mostraram que são os reis dos MVs. Mas é notável a dedicação e evolução de BTS desde sua estreia em 2013, com “No More Dream”, ao estouro atual de “Boy With Luv”.

Não só com boas músicas, mas também com críticas sociais e mensagens positivas, o grupo veio conquistando o mundo desde então.

Imagem relacionada

Começando com “No More Dream”, de “2 Cool 4 Skool”, álbum de estreia do grupo, eles já chegaram mostrando toda a sua habilidade com rap e dança. Trazendo fortemente a cultura do hip hop presente em suas faixas. Além disso, o estilo dos garotos também era bem diferente do atual.

Assim como em “We Are Bulletproof” e “N.O”, que também trouxeram uma pegada mais forte de hip hop no visual. Apesar de estarem bem no início de carreira, já era possível notar a forte produção nos vídeos. Em “N.O”, por exemplo, o clipe mostra como o sistema educacional transformou os alunos em “máquinas”.

“Boy In Luv”

Já em 2014, o grupo trouxe uma nova pegada para os seus vídeos. Desta vez, com “Boy In Luv”, “Danger” e “War Of Hormone” eles passaram a falar mais sobre seus sentimentos, mas ainda sendo os “bad boys”. Já em “Just One Day”, houve um trabalho mais clean e romântico.

Em “Boy In Luv” há o romance conturbado e não correspondido. Remetendo a fase escolar, na qual todo mundo já deve ter passado por algo parecido.

Apesar do sucesso do grupo, a partir de 2015 suas produções audiovisuais passaram a ser diferentes. Além de suas músicas, que também tiveram evoluções nas letras e temas. O estilo de “bad boys” começou a se transformar na medida em que as músicas iam trazendo a descoberta pelo amor.

Um ótimo exemplo é o videoclipe de “I Need U” e “Run”. Passando a trazer uma história e deixar o público preso a cada acontecimento e aos detalhes, algo que eles fazem muito bem. Ou com “Dope”, que traz toda a dança e energia de BTS em uma produção simples e criativa.

E a partir daí, começou a ficar cada vez mais evidente a presença de elementos e conceitos que gerassem mais identificação com o público. Um bom exemplo é o labirinto do clipe de “EPILOGUE : Young Forever”. O clipe faz com que você sinta perfeitamente a mensagem passada sem precisar de grandes efeitos visuais e dança.

E nessa mescla de metáforas, efeitos visuais, mudanças e dança, veio “Fire”. De fato, foi uma das produções que levou o trabalho de BTS a um outro nível. Posteriormente, os videoclipes de “Save Me”, “Blood, Sweat and Tears”, “Spring Day” e “Not Today” reforçaram o novo conceito.

A era “Love Yourself”

Mas quando você acha que BTS já te surpreendeu o bastante, eles voltam com ainda mais força. Afinal, essa era marcou a evolução de BTS e os trouxe inda mais destaque internacional. O clipe de “DNA” trouxe um trabalho tao bem feito, cheio cores e efeitos visuais. Neste cenário, já temos um BTS com o maior sucesso em todo o mundo. A divulgação da trilogia “Love Yourself” e uma temática completamente diferente do início de sua carreira. Neste estágio, as cores e vibe dos clipes trazem a ideia de que, apesar de haver medo, se está mais aberto ao amor.

Para relembrar o início da carreira do grupo, veio o MV de “MIC Drop”, na versão remix com Steve Aoki. Que traz uma coreografia mais enérgica e tons mais escuros.

Os videoclipes de “Fake Love” e “Idol”, que finalizaram a trilogia “Love Yourself” trazem temáticas opostas, mas que se complementam perfeitamente na evolução audiovisual do grupo.

Enquanto “Fake Love” traz o lado escuro e confuso, carregado de sentimentos e dúvidas, “Idol” traz as cores e alegria. Sendo as duas vertentes que mais se destacaram em seus trabalhos. Eles trazem o entretenimento, mas também se conectam com você.

“Boy With Luv”

Agora, em 2019, o grupo vive o melhor momento de sua carreira. E nos videoclipes, temos a certeza de que todo trabalho lançado colaborou para o estágio em que eles estão agora. Em “Persona”, faixa que introduz o conceito do álbum “Map Of The Soul: Persona”, há elementos do início da carreira do grupo.

É um trabalho interligado, que mostra a construção pessoal e amadurecimento. Algo que claramente é possível notar em “Boy With Luv”, que ao contrário de “Boy In Luv”, traz a leveza e felicidade de estar apaixonado. Mesmo que ambos tenham nomes parecidos, seu significado é bem diferente. A paleta de cores dos clipes, elementos em cena e até mesmo o estilo dos integrantes.

Um amadurecimento notável. A evolução de BTS em todos os aspectos audiovisuais. Tanto nos efeitos visuais, quanto na mensagem passada. coreografia e figurinos. E para você, qual é o melhor clipe do BTS? Não deixe de comentar!

Evelyn

Apaixonada por música, fotografia e entretenimento.
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vídeos

disclaimer

O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.

Quer enviar uma cartinha ou um presentinho? Entre em contato através do email: contato@paradapop.com

Anuncie aqui!

Acesse nosso midia kit!

Seja um colaborador!

Clique aqui e saiba como!
2016 © PARADAPOP.COM • • • DIREITOS RESERVADOS
Tema por Gabriela Gomes