Música Cinema Teatro Literatura Moda Roteiros

Riacho do Jerimum é um livro de literatura fantástica que me surpreendeu muito e saber que uma escritora brasileira o escreveu, deixou o meu coração quentinho. De fato, Jadna é uma jovem autora já promissora em sua carreira, extremamente talentosa e conseguiu me transportar para o nordeste através de sua escrita. Portanto, o livro possui uma presença forte da cultura nordestina atrelando-se às histórias dos personagens. Assim como, as palavras típicas da região, comidas e celebrações mais predominantes.

Em Riacho do Jerimum, o folclore brasileiro também ganha seu destaque e os seres místicos que completam a história, é de uma riqueza enorme. Sem contar que Jadna consegue nos envolver no romance que é construído genuinamente de uma forma leve e bonita. A autora tem uma escrita impecável e de fato, nos permite mergulhar em cada cena através da preciosidade dos detalhes que são entregues no momento certo, veja esse trecho: “Era um dia frio, daqueles que se deseja ficar deitado ouvindo o som da própria respiração, matutando sobre os acontecimentos da vida (…) De pés descalços, pisou na terra gelada e, de longe, conseguiu ouvi as risadas das crianças brincando de esconde-esconde.” (Riacho do Jerimum, ALANA, 2019, pg.17)

Sinopse Editora Coerência:

Caíque vive junto de sua mãe e sua irmã mais nova no Riacho do Jerimum, um povoado do interior da Paraíba. Depois de crescer com o peso de ter sido abandonado pelo pai, tornou-se um jovem solitário que tem como maior divertimento visitar seu Vicente, um velho sábio que é conhecido por compartilhar suas fábulas e lendas.

Apesar de encontrar nessas histórias um refúgio para sua mente turbulenta, ele não poderia imaginar que os contos do velho ultrapassam os limites da ficção, de modo que sua surpresa é absoluta quando ele conhece Aurora, uma calahyna que revela o início da guerra entre duas deusas: Amanaci, deusa da chuva, e Tifana, deusa da seca. Aos poucos, o rapaz vai conhecendo os místicos habitantes da floresta que rodeia seu vilarejo e descobre que a batalha iminente não coloca em risco apenas a existência dessas criaturas, mas também de todo seu povo, compreendendo que apenas juntos serão capazes de sobreviver.

Dica literária: Riacho do Jerimum, de Jadna Alana
Jadna Alana em ensaio fotográfico para COLETIVO F8 | Foto: Reprodução/WallingtonCruz

Motivos para ler Riacho do Jerimum:

Se você também é apaixonado por livros de fantasia, essa história certamente irá te encantar. Além disso, ela é ambienta no nosso país, o que traz uma conexão maior com o contexto geral do livro. Nas entrelinhas a autora também colocou frases que chamaram a minha atenção, fazendo com que eu automaticamente marcasse com post-it: “Cada um de nós decide em que acreditar, não posso tomar essa decisão por você”. (Riacho do Jerimum, ALANA, 2019, pg.84)

Garanto a você que a sinopse acima não teve spoleirs, mas sem dúvidas conseguiu descrever o enredo do livro em poucas palavras. Digo isso, pois Caíque o personagem principal, me conquistou pela simplicidade e logo no ínicio eu já conseguia identificar as qualidades dele, ainda que o próprio não enxergava. Descobrir o universo fantástico foi uma experiência incrível, assim como foi chocante para Caíque. E os capítulos que narravam a vida da calahyna Aurora na aldeia dos jerimuns, eram emocionantes. Verdadeiramente incrível a possibilidade de voar, de estar com outros seres místicos e se aventurar em diferentes desafios. Contudo, Aurora também se mostrou uma personagem forte, destemida e que sempre estava em busca das melhores decisões para seu povo.

Permita-se imaginar…

Fiquei encantada com a criatividade de Jadna ao desenvolver os calahynos, seres pequenos como fadas mas, que também conseguem ficar na estatura de um humano através do pó mágico. O que torna tudo ainda mais incrível, é o fato dos pequenos calahynos vivem dentro dos jerimuns junto ao riacho. Sem dúvidas, cada parte do livro é mais maravilhosa do que a outra.

Todos os outros personagens também me encantaram, principalmente as deusas Amanaci e Tifana, que são as grandes representantes de uma realidade do nordeste a chuva e a seca. Aliás, em alguns momentos Jadna aproveitou para nos trazer a reflexão a respeito do meio ambiente, e como nós seres humanos temos tratado a natureza. Achei genial esses pontos abordados dentro da fantasia. Além disso, amei acompanhar como cada personagem cresceu no decorrer da história e simplesmente me apaixonei pelo final.

Riacho do Jerimum foi um livro com 5 estrelas e favoritado ♥! Compre agora mesmo pela loja da Editora Coerência e siga a Jadna Alana para acompanhar os próximos lançamentos. Sou uma grande admiradora do trabalho de Jadna e posso dizer que coisa boa vem aí.

Te convido para continuarmos essa conversa nos comentários! Você já leu este livro? Ou está curioso para iniciar a leitura? Conte-nos! E para mais posts especiais como este, fique de olho no nosso Instagram!

Leia também: A pequena livraria dos Sonhos, por Jenny Colgan

Vídeos

disclaimer

O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.

Quer enviar uma cartinha ou um presentinho? Entre em contato através do email: contato@paradapop.com

Anuncie aqui!

Acesse nosso midia kit!

Seja um colaborador!

Clique aqui e saiba como!
2016 © PARADAPOP.COM • • • DIREITOS RESERVADOS
Tema por Gabriela Gomes