Música Cinema Teatro Literatura Moda Roteiros

Após 12 episódios, o dorama Imitation chegou ao fim no último dia (23.07) . Sendo assim, baseado na história do webtoon que também leva o mesmo nome, a novela trouxe uma proposta muito interessante sobre a vida de idols. Além disso, por mais que o enredo falasse sobre o amor entre Ryeok e Maha, Imitation tem como gênero principal o drama. E os assuntos secundários, ganharam muito mais força no decorrer dos episódios.

Ainda quando o dorama estreou, trouxemos uma matéria especial falando as nossas primeiras impressões e você pode ler aqui e conferir a sinopse de Imitation. Contudo, hoje gostaria de abordar alguns pontos que chamaram a minha atenção, mas sem deixar nenhum spoiler solto no ar.

Daria certo uma novela repleta de idols?

De fato, Imitation foi uma grande oportunidade para todos esses artistas que fizeram parte desse elenco. Mesmo que uns fossem mais experientes e até mesmo mais premiados que os outros, não podemos tirar o mérito de cada um deles para fazer essa novela acontecer. A combinação desse atores trouxe uma química especial, que era possível sentir a cada episódio. Além disso, a carreira de um ator se inicia na troca de experiência com quem já faz isso a mais tempo. Então, sem dúvidas todos eles aprenderam algo nesse período que estiveram juntos em gravação!

Em Imitation, o roteiro realmente errou a mão em certos momentos. Acho que, se alongou em alguns assuntos e deixou outros de lado. Além de simplesmente esquecer de alguns personagens, mas retornou com eles apenas no episódio final para o fechamento. Tudo isso, deve ter sido por causa da proposta que já estava definida, fazendo com que o dorama tivesse apenas 12 episódios. Entretanto, talvez se o roteirista fosse diferente, esses 12 episódios poderiam ter sido melhor aproveitado, ou até mesmo se esticado para 16, mas com um contexto mais definido.

Os pontos fortes da novela na primeira etapa da história

É importante te falar que as grandes sacadas do dorama ficaram para o final da história. Por isso, muita coisa não posso comentar com você, pois estragaria a sua experiência ao assistir Imitation pela primeira vez. Mas, posso afirmar que na primeira etapa da história, o enredo trouxe questões muito interessantes. Podemos começar sobre o termo Sasaeng (사생), que é utilizado para se referir aos fãs obcecados pelos artistas. Os sasaengs fazem de tudo, principalmente acabam se intrometendo na vida pessoal do artista. Apesar, de grande parte das pessoas entenderem que isso infelizmente existe e que pode ser comum, em Imitation isso é explorado em diversas situações. Principalmente dos ciúmes que os sasaengs dizem sentir, caso o idol comece a namorar alguém.

Em um paralelo com a realidade, isso é bem comum, como falamos acima. Ainda mais com grandes artistas. Um exemplo disso, foram os idols Sehun (EXO) e Chanwoo (IKON), que já falaram abertamente sobre situações recentes que aconteceram com eles devido às ligações desesperadas de sasaengs durante a madrugada.

Além disso, a dupla de comédia Yoon Hyuk (Jongho ATEEZ) e Do Jin (Park Yuri), sem dúvidas são os grandes destaques da novela. Todos os personagens brilharam ao seu modo, mas eles dois conseguiram se destacar em todas as cenas. Eles foram os grandes responsáveis por diversos momentos cômicos da novela. Por isso, desejo que não só Jongho mas os outros membros do ATEEZ que participaram de Imitation, possam continuar com projetos paralelos na atuação.

O preço de estar na indústria do entretenimento

Através das histórias de cada personagem, entendemos o preço que existe para querer entrar e permanecer na indústria do entretenimento. O drama de Imitation, veio através da história da Annie (Yeon Si Woo), que estava prestes a debutar em grupo de kpop, mas que devido à uma série de acontecimentos ela acaba tirando a própria vida. Aos poucos, o espectador vai entendendo o que a levou chegar nesse triste ponto. De forma, não tão aprofundada, Imitation explorar as mais diferentes situações que um idol ou treinee pode enfrentar para ser uma grande estrela. Mostra não só o esforço desses jovens sonhadores, mas também o que de ruim eles passam antes e depois da tão sonhada estreia.

Por isso, o final de Imitation traz uma reflexão do que realmente importa para estar no auge do sucesso. O que é preciso deixar para trás e assim seguir em frente, acima de tudo respeitando um ao outro! Esse é um dorama de final relativamente feliz, irá depender muito do seu ponto de vista. Mas, o importante é percebemos a evolução e o amadurecimento de cada personagem dentro da história.

Além disso, posso dizer que o nosso casal protagonista com Kwon Ryok (Lee Jun Young do UKISS) e a Maha (Jeong Ji So Lee) foram incríveis do início, e conquistaram definitivamente o meu coração! Posso dizer também, que a mensagem final de Imitation, já não era mais sobre o romance dos dois, mas sim sobre trazer a reflexão das coisas que acontecem dentro da indústria e como isso se expande. Agora me conta, o que você achou de Imitation? Me conta nos comendários.

Vídeos

disclaimer

O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.

Quer enviar uma cartinha ou um presentinho? Entre em contato através do email: contato@paradapop.com

Anuncie aqui!

Acesse nosso midia kit!

Seja um colaborador!

Clique aqui e saiba como!
2016 © PARADAPOP.COM • • • DIREITOS RESERVADOS
Tema por Gabriela Gomes