Parada POP » Arquivo » Parada Pop Entrevista: DJ Cady fala sobre seu novo single “Nothing Wrong”, sentimentos e inspirações
Untitled Document
06.08.2018

Recentemente entrevistamos a DJ Cady, também cantora e compositora que lançou seu single “Nothing Wrong” pela Universal Music. Com 15 anos de experiência na música eletrônica, que inclui uma turnê de seis meses pela Índia ela bateu um papo com o Parada Pop sobre seu single, estilos e referências musicais:

Ao falar sobre a composição da música, Cady já destaca a mensagem que gostaria de passar com a letra “O mais importante pra mim era representar a verdade do que eu estava vivendo naquele momento”, de forma com que contribuísse para que outras pessoas que tivessem passando por algum momento difícil, que quando achamos que está dando tudo errado, na verdade somos nós que colocamos essa barreira, criamos esse problema, mas que na verdade a vida é linda e não tem nada de errado “Por mais que tudo aqui fora faça com que a gente olhe só o que tem de errado, no fundo não tem nada de errado, a gente está totalmente certo sendo do jeito que a gente é”, ela diz que quando começamos a dizer que está errado, tudo começa a ser errado, mas se parássemos para trazer a positividade do problema, as coisas começam a mudar e melhorar. Sua intenção com a música era passar essa mensagem negativa, de uma forma alegre, transformado em positividade. O que justifica a melodia ser bem alto astral, segundo Cady.

Cady diz que ao seu ver o público recebeu a mensagem e a música de uma forma totalmente positiva, que a galera está dizendo que a música é chiclete “E eu fico feliz em ver que eu posso fazer com que uma mensagem bacana possa grudar na cabeça das pessoas, aquela pessoa poderia estar pensando um monte de bobagem e de repente a pessoa fica repetindo uma música que está passando uma mensagem boa na cabeça dela”

Como uma boa parceria brasileira, Cady diz que gostaria muito de trabalhar com Carlinhos Brown, “A gente é de Salvador, a gente tem uma percepção muito parecida, da mágica que a música é”. Já internacionalmente ela cita Calvin Harris, dizendo que ele é um conhecedor de diversos estilos musicais, de diversas épocas, a Dj admira artistas que possuem essa liberdade musical em varias entre diversos estilos em suas canções “O artista sentir ó vou fazer uma música com uma pegada meio funk e isso não vai definir o que eu sou, é o que estou sentindo que tenho que fazer nessa criação aqui” ela gostaria de trabalhar com ele por ter essa liberdade, não ter receio de criar e ter ousadia.

Cady não cantava em suas, Nothing Wrong foi o momento de ruptura dessa vergonha que ela tinha, “Foi um trabalho mental comigo mesma, fui buscar entender porque eu tinha vergonha, eu vim com dom de escrever, criar coisas que pode ser a trilha sonora da vida das pessoas, se sinta melhor, mais viva, mais feliz, porque estou guardando tudo só pra mim? Comecei a deixar de ser egoista” Então ela passou pelo processo para deixar a vergonha de lado e ter mais segurança ao gravar, subir no palco e se sentir em seu lugar, como aulas de canto, etc. Ela manda uma mensagem muito legal que nós arrumamos desculpas para não fazer algo, quando paramos de arrumar justificativa, só sobra possibilidade.

Perguntamos como a DJ enxerga o espaço que a música eletrônica está ganhando no meio de outros estilos, “Quando eu comecei, a 15 anos atrás, todo mundo julgava que era música de drogado, hoje em dia não tem mais isso, estamos em um momento onde tem espaço para a música eletrônica”, ela fica feliz que as pessoas pararam de julgar e apenas sentem a música para se divertir, ela cita o que o DJ Alok conseguiu construir nesse meio, trazer a música eletrônica pra rádio, “antigamente tinham programas de rádio que só tocava música eletrônica, hoje em dia não tem isso, mistura sertanejo com eletrônica, as pessoas estão com a cabeça mais aberta para criar coisas diferentes”.

Como esse ramo da música eletrônica era de maioria composto por homens, a dica de Cady para as mulheres que querem entrar no universo da música como DJ, o momento é agora, pois o público está bem mais disposto a escutar “As mulheres ganharam um espaço que anteriormente era só masculino, tá mais fácil, é só ver se vai te fazer feliz e buscar o seu jeito de criar isso”, não separar mais mulher e homem, pois todos tem potencial.

Ainda promete muitas coisas novas para o público, em breve ela vai lançar um remix de uma música antiga que ela ama, onde ela canta e remixou e logo em seguida vai lançar projetos autorais, podemos ter um EP, mas Cady diz que tem muitas musicas prontas por aí e está louca para entregar pra vocês.

De bônus ela indicou sua playlist “VIBEZ” no Spotify com suas músicas do momento, ela destacou “Rise” do Jonas Blue, “Better Not” Louis The Child ft Wafia, “One Kiss” Calvin Harris e diz que ama Dua Lipa. Também curte musicas antigas, Rolling Stones, Nirvana e Beatles.

Ouça Nothing Wrong

Larissa Ricucci

Larissa Ricucci

Larissa Ricucci, 20 anos, estudante de Rádio e TV. Apaixonada por shows, viagens e música pop. Interessada em levar entretenimento a outras pessoas.
Larissa Ricucci
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn


O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.
2016 © PARADAPOP.COM - DIREITOS RESERVADOS.
Home Sobre Anúncie
TEMA POR 8DESIGN