Música Cinema Teatro Literatura Moda Roteiros

Há quem afirme que desenhos são produções exclusivas para o público infantil, porém, algumas animações provam o contrário com roteiros mais densos que serão melhores compreendidos e aproveitados por um público mais velho, e esse é o caso de Star vs. as forças do mal.

A primeira temporada é menos consistente e segue um caminho que se aproxima mais do infantil, mas, a partir da segunda temporada a série adquire uma nova forma. Com personagens impecavelmente elaborados, há a evolução de uma estória que transcende a protagonista, Star.

Através dos acontecimentos relacionados ao reino de Mewni, acompanhamos a forma que os erros do passado afetam o presente, e a superação dos mesmos. Vemos o modo que o preconceito está enraizado na sociedade com a relação entre os “Mewnianos” e monstros, temos uma abordagem crítica da desigualdade social e percebemos com os episódios que a maioria das situações podem ser corrigidas a longo prazo.

Star não é apenas adolescente com uma varinha mágica, ela é uma princesa com um senso de justiça evoluído que faz o possível para proteger e tornar o reino um lugar melhor. É interessante ver o modo que a garota cresce e torna-se responsável com o decorrer dos episódios. E durante esse crescimento, é construída a amizade entre Marco e Star, uma amizade marcada por uma força maior que os sentimentos românticos que eventualmente surgem; maior que os acontecimentos exteriores a eles.

A animação apesar de trazer os elementos citados anteriormente, que são elementos presentes no mundo fora das telas, não adiciona em seus personagens as partes negativas que estão presentes no mundo “real”. Marco dá vida a princesa Turdina, e não é julgado por isso, pelo contrário, é exaltado. A bissexualidade de Star é apresentada de forma natural. Todos, independente do gênero, são sensíveis e fortes.

Nesse sentido, mesmo a série tendo um caráter politico implícito, ela não perde sua leveza e humor – que oscila entre o humor inteligente e sem sentido. A quarta e última temporada já está sendo exibida pela Disney, e a primeira temporada está disponível na Netflix.

Confira o Trailer da quarta temporada:

 

 

Alice Melis

Alice Melis

Oi, tudo bem? Meu nome é Alice, tenho 18 anos e a única conexão que existe entre minhas paixões, é a escrita. Sou uma pessoa solar, porém possuo uma atração intensa pela lua. Não sei exatamente que direção seguir, mas estou decidida em buscar o profundo.
Alice Melis
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Nenhum comentário

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vídeos

disclaimer

O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.

Quer enviar uma cartinha ou um presentinho? Entre em contato através do email: contato@paradapop.com

Anuncie aqui!

Acesse nosso midia kit!

Seja um colaborador!

Clique aqui e saiba como!
2016 © PARADAPOP.COM • • • DIREITOS RESERVADOS
Tema por Gabriela Gomes