Parada POP » Arquivo » PARADA POP ENTREVISTA: Maejor e Lóra falam sobre sua parceria e planos para a carreira
Untitled Document
25.09.2018

No último sábado (22),  nós estivemos presentes no evento de lançamento da Maejor Tour in Brasil 2018 e pudemos bater um papo com o cantor e sua convidada da turnê, a nova artista nacional Lóra.

Confira:

PP: Primeiramente bem-vindo de volta ao Brasil e obrigada por nos receber. Conta pra gente, como surgiu a ideia de fazer a turnê aqui? 

Maejor: Eu amo demais o Brasil, é meu lugar favorito. É muito bonito e eu queria vir mais aqui então decidimos fazer uma turnê

PP: Você tem várias parcerias com artistas internacionais (como Justin Bieber) e recentemente gravou algumas músicas com cantoras brasileiras. Como isso tudo começou, esse processo de trabalhar com artistas brasileiros?

Maejor: A primeira parceria que fiz foi Baile de Favela (remix), um tempo atrás. E então, o segundo foi Vai Malandra, com a Anitta. Quando vim para cá, filmamos o clipe no Rio e me diverti tanto que queria continuar trabalhando no Brasil, fazendo músicas divertidas e todos os tipos de músicas aqui.

PP: Você tem planos para depois da turnê? Ou vai curtir um pouco… 

Maejor: Eu vou para a praia

PP: Aqui no Brasil?

Maejor: Sim!

PP: Todo mundo que te segue vê que você faz vários tweets e posta várias legendas no Instragram em português. Você sabe falar português? Como aprendeu?

Nessa hora ele arriscou um “mais ou menos” em português e brincou “eu sou brasileiro”.

PP: O que o público pode esperar dessa turnê? 

Maejor: Eles podem esperar músicas que unem as pessoas. Música para mim é uma linguagem universal e é uma forma de todo mundo se conectar. Então é isso que podem esperar da turnê, músicas que aproximam a  todos.

PP: Qual seria sua parceria dos sonhos?

Maejor: a parceria dos sonhos seria Bob Marley

PP: Como foi o processo para escolher os artistas que participariam da turnê com você?

Maejor: Eu trabalho com Dani, ele é de Londres e tem alguns ótimos artistas que decidimos trazer para essa turnê. Grandes artistas, grandes talentos e nós queriamos trazer o máximo de positividade possível.

PP: Certo, para terminarmos, temos mais duas perguntas. O funk no Brasil é muito popular mas ao mesmo tempo ainda tem uma má reputação, principalmente por causa da letra. Ultimamente está ganhando mais visibilidade no exterior, acredito que por conta dessa onda de parcerias que começou – sua música com a Anitta “Vai Malandra” é prova disso. Como foi seu primeiro contato com o funk e o que fez você decidir entrar nesse novo ritmo?

Maejor: Meu primeiro contato com o funk acho que foi quando ouvi Baile de Favela e gostei da energia, me lembrou o hip- hop nos Estados Unidos, onde quando começou, algumas pessoas não gostavam por causa da letra mas eu me identifico com a energia, a vibe e a diversão. Eu vejo pessoas se divertindo com a música e dançando e amo isso. Eu queria tentar ajudar a colocar mais positividade nisso também e foi por isso que foi algo natural pra mim

PP: Você acha que podemos comparar o funk brasileiro com o RAP americano?

Maejor: Sim, são bem similares. Ambos são músicas que vem das ruas, mas está se tornando mainstream agora e todo mundo está começando a gostar porque é da hora, é descolado. As pessoas dizem que odeiam e que não é uma coisa boa mas aí toca e acabam curtindo.

PP: Então é isso, obrigada novamente por nos receber!

Maejor respondeu novamente em português: Obrigado! Eu amo o Brasil.

 

Logo depois foi a vez de Lóra, a cantora brasileira que acaba de lançar sua carreira com o single “Chama”, em parceria com o Maejor, e vai participar da turnê aqui no Brasil.

 

PP: Lóra, conta pra gente, como surgiu a parceria com o Maejor?

Lóra: Então, foi meu lançamento ontem na Fazenda. Minha primeira vez cantando em rede nacional e meu single. Eu conheci o Allison que é meu manager atualmente, e ele já tem esse contato, ele que tá trazendo o Maejor – trouxe ele anteriormente também – e aí tô fazendo essa turnê com o Maejor por causa dele, que fez esse contato, e gravamos esse single que cantamos ontem na Fazend. Por enquanto é só uma prévia, mas agora que a gente vai produzir e lançar no Brasil.

PP: Vocês vão gravar um clipe?

Lóra: Vamos gravar sim, vai ficar lindão, vai ficar irado.

PP: O Maejor já fez grandes parcerias – como Justin Bieber e Anitta – que renderam muito sucesso. Rola uma pressão para atingir os mesmos resultados?

Lóra: Então, rola muita pressão né. Ontem principalmente porque entrei em rede nacional, nunca tinha feito um show na minha vida, foi algo bem espontâneo, bem natural. É muita pressão estar do lado dele, o cara já é reconhecido, já conhece muita gente. Mas pra mim foi algo espontâneo na hora e deu muito certo.

PP: Para a galera que ainda não te conhece,  conte um pouco mais sobre quem é Lóra. Quais são as suas influências?

Lóra: Então, tento trazer muito essa referência gringa da Nicki Minaj e Cardi B, que tem muito esse empoderamento feminino. As minas no rolê falando, por exemplo, da forma que os rappers americanos falam, mas na visão das mulheres. Então acho isso bem legal, fazer essa diferença.

PP: O que no Brasil não tem tanto…

Lóra: Sim, ainda não tem uma figura assim, com a pegada desse som mais gringo audivelmente, mais trap. Uma mina do trap representativa. E é isso, quero trazer isso pro Brasil e falar da noite, falar de diversão, sem preocupação e sem estresse. Sobre a hora que a galera tá relaxada, sem problemas. Todo mundo junto celebrando e curtindo um som.

PP: Como foi receber a notícia de que sairia em turnê com um artista internacional?

Lóra: Cara, eu tava lá na Grécia e fiz um pedido para Deus. Pedi para uma pessoa entrar na minha vida e essa pessoa é ele (Alisson) e tudo aconteceu. Fiquei muito receosa porque a gente ficou muito tempo conversando só por mensagem, ele em Los Angeles e eu aqui. E aí, a gente se reencontrou e na primeira semana tudo aconteceu. Foi uma coisa que pra mim foi “uou, meu Deus do céu, tá acontecendo”.

PP: O que te fez entrar nessa Indústria? Foi algo que sempre quis?

Lóra: Sou de Brasília. Sempre escrevi e sempre cantei, desde pequena. Estou quase  me formando em Direito, que não tem nada a ver, mas na minha casa todo mundo é voltado pra essa área e tudo mais. Acabei entrando nesse rumo achando que meu sonho fosse impossível. Fui pro Rio, comecei a fazer vários contatos e a galera acreditou em mim e hoje em dia eu tô aí, com essa galera que acredita no meu sonho e tá investindo nisso. Mas foi uma batalha pra chegar até aqui, só Deus sabe…

PP: Qual o seu sonho de parceria?

Lóra: Quero muito ir pra gringa, trabalhar com uns produtores muito foda e fazer um som muito foda. Mas acho que meu maior sonho é um dia subir num palco e todo mundo estar cantando a minha letra, tipo decorado sabe? Isso deve ser a coisa mais gratificante.

PP: Então você pretende seguir os mesmo passos da Anitta e focar no mercado internacional?

Lóra: Sim, com certeza. Acho que já tô começando por aí, começando com essa galera. A pegada gringa já tá entrando no meu repertório de primeira, tanto que meu primeiro single é uma parceria com um gringo. É muito foda pra mim isso.

PP: Tem algum álbum ou projeto vindo por aí que você possa adiantar pra gente?

Lóra: O EP já tá pronto pra ser lançando, mas a gente vai lançar primeiro o single. Vai sair daqui um tempinho, mas as coisas acabaram acontecendo antes, tipo os shows, A Fazenda, então vai ter um tempinho aí pra gente lançar o single, acho que uma ou duas semanas no máximo. Um pouco depois será a vez do EP. Vai ser um EP de 5 músicas. Vai ter várias participações também, uma delas é o Rodriguinho, dos Travessos, e ainda estamos vendo mais algumas participações que vamos fazer, enfim, tá bem legal.

 

As datas e cidades da turnê ainda não foram divulgadas, mas vocês podem acompanhar no site da tour.

 

Evelyn

Formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda. Apaixonada por música, fotografia e entretenimento.
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn


O PARADA POP é um site de informações, dicas e resenhas sobre o mundo da música e das celebridades. Em parceria com grandes representantes dos fandoms do mundo pop - os fãs sites - construímos um conteúdo dedicado especialmente a você, fã brasileiro. Muitas das imagens que aparecem no site são de fontes externas, o PARADA POP não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que assim seja especificado. Se caso possuir os direitos de alguma imagem e não deseja que ela apareça em nosso site, favor entre em contato e ela será prontamente removida.
2016 © PARADAPOP.COM - DIREITOS RESERVADOS.
Home Sobre Anúncie
TEMA POR 8DESIGN